E-mail marketing

Qual a frequência ideal de envios na campanha de e-mail marketing?

O uso de marketing digital nas estratégias de vendas é uma ótima maneira de gerar leads valiosos. Uma boa campanha de e-mail marketing permite fidelizar os clientes e engajá-los com novas ofertas.

Apesar de não ser uma tecnologia recente, vem crescendo bastante. Esse canal de comunicação é essencial, pois usar marketing digital faz com que as empresas quebrem as fronteiras e alcancem um maior número de clientes no país.

Por isso, muitos se perguntam qual é a frequência ideal para não aborrecer os consumidores, nem exagerar na quantidade de mensagens enviadas.

Não há uma fórmula exata para isso, mas existem algumas medidas que podem auxiliar no modo que são praticados os disparos. Isso garante que o número de cliques seja satisfatório sem precisar se preocupar com uma alta taxa de rejeição.

Neste post, falamos sobre os fatores que ajudam a definir a frequência de envio de e-mail marketing, para que seu sucesso seja garantido. Confira!

O horário faz a diferença

Conhecer o público-alvo é essencial para que as campanhas de e-mail marketing sejam eficientes. Praticar análises com ferramentas como o Google Analytics permite entender o tráfego de acesso ao seu site. Essa é uma boa prática para mensurar o horário de atividade de seus clientes.

Você também pode realizar testes A/B ao enviar mensagens em horários alternados. Assim fica nítido o período em que os destinatários abriram mais e-mails, servindo como filtro para as próximas ações. Muitas ferramentas já automatizam o processo de disparo e a mensuração dos dados.

Assim, a chance de os contatos receberem a mensagem quando estiverem online é maior. Isso possibilita engajar um maior número de pessoas. Esse tipo de ação faz uma diferença enorme para os resultados finais.

O objetivo da campanha deve ser claro

Saber os objetivos ao enviar um conteúdo é fundamental para definir a frequência das mensagens. Por isso, é preciso nortear o tema da campanha, se será um anúncio ou um boletim informativo, por exemplo.

Para cada tipo de informação, existe uma frequência ideal. Isso garante que os e-mails entregues sejam relevantes e interessantes aos clientes. Desse modo, é possível controlar o intervalo dos disparos, evitando aborrecer os destinatários.

A opinião dos assinantes é valiosa para a empresa

Ao realizar enquetes e entrevistas, você abre a oportunidade de adquirir um leque de informações valiosas para a empresa. Assim, é possível conhecer a opinião e a forma como os clientes enxergam a empresa. Isso pode ser determinante para as futuras campanhas.

Com isso, fica mais prático estreitar o relacionamento com o público-alvo. Também é uma maneira de segmentar o fluxo dos disparos com conteúdo que seja relevante para os assinantes.

A taxa de cancelamento pode dizer muita coisa

Se a taxa de cancelamento estiver em alta significa que é hora de rever a sua política de envio. Essa rejeição pode ser causada pela frequência dos disparos ou pelo tipo de conteúdo apresentado. Então, como forma de mudar esse cenário, ofereça um formulário de feedback.

Mesmo que parte dos usuários ignore essa função, as respostas adquiridas são valiosas para poder mudar os parâmetros atuais.

A diversidade dos assuntos abordados como peça-chave

É importante sempre observar a reação dos clientes para definir a periodicidade ideal. Com uma boa receptividade do público com os conteúdos enviados, fica possível aumentar a frequência dos e-mails. Mas isso não é o suficiente para garantir o sucesso. A diversidade de assuntos abordados também deve ser aplicada para que não fique repetitivo.

Isso não significa mudar apenas o assunto da mensagem, mas também o seu tema. Por exemplo, ao enviar uma promoção, lançar um disparo no mesmo dia contendo dicas de como economizar. Essa variação permite não ficar sempre no mesmo tópico e apresentar algo relevante e novo a cada e-mail que o destinatário recebe.

A quantidade nem sempre é importante

Para as campanhas de e-mail marketing serem bem-sucedidas é preciso compreender que menos é mais. É comprovado que quanto mais mensagens uma loja envia aos consumidores, menor é o número de acessos a esse conteúdo.

Um bom exemplo são as promoções sazonais. Uma empresa que faz envios todos os dias dificilmente consegue engajar o seu público. Ao contrário disso, quando alguém envia com antecedência o mesmo e-mail já garante mais chances de sua visibilidade ser maior. Isso porque o timing é essencial para esse tipo de comunicação.

A relevância é claramente importante, porque as pessoas não querem receber algo em cima da hora. Essa falta de atração pode acabar afastando o público dos produtos e da marca.

O número de disparos simultâneos pode ser um alerta

A quantidade de disparos feitos simultaneamente, mesmo que para contatos diferentes, pode ser identificada como spam. Isso pode acabar com as chances de aumentar a visibilidade da marca, o que gera um grande problema para a empresa. O que acontece é que alguns negócios diminuem a frequência de envio de seus conteúdos, e isso pode categorizar as mensagens como lixo eletrônico.

Uma maneira de contornar essa situação é dividir a lista de todos os clientes em grupos. Assim, é separado quais devem receber as mensagens em horário e dia determinados. Essa ação melhora as chances de o destinatário receber e se engajar com uma campanha de e-mail marketing.

O título deve ser convidativo

Um título que instigue a curiosidade do consumidor garante mais chances de ser aberto. Isso permite que a frequência de envio seja controlada. A relevância da informação possibilita que o e-mail não vá parar no lixo, aumentando o engajamento com o público.

Como visto, uma campanha de e-mail marketing tem como função anunciar conteúdos relevantes para o público-alvo e fidelizar compras. Assim, é muito importante uma análise criteriosa para definir a frequência de seus disparos. Essa ação é valiosa para o sucesso de uma campanha e, se não praticada corretamente, pode causar prejuízos, como a perda de clientes. Para facilitar esse processo, existem ferramentas que possibilitam a automatização e mensuração dos resultados das mensagens enviadas.

Gostou? Então entre em contato e conheças os benefícios que uma ferramenta de e-mail marketing pode trazer!

Post anterior

O que é GDPR e quais os seus principais impactos no marketing?

Post seguinte

O que é automação de marketing e quais as áreas de implementação?

Nenhum comentário

Deixe um retorno

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *