E-mail marketing

Relatório de e-mail marketing: como analisar seus resultados?

A falta de mensuração do relatório de e-mail marketing pode prejudicar todo o andamento de um negócio. Isso porque de nada adianta fazer uma campanha de sucesso e não analisar os pontos positivos e negativos dela.

Dessa forma, a empresa desconhece o que garantiu o seu sucesso e está suscetível a cometer os mesmos erros anteriores. Esses dados são valiosos para que o planejamento tenha mais êxito durante o relacionamento com o público.

Continue lendo este texto para entender como analisar seus resultados. Vamos lá!

Construa um quadro geral

A construção de um quadro geral possibilita analisar todas as informações mais relevantes sobre a campanha de e-mail marketing. Sem entrar muito em detalhes de cada uma delas, utilize os dados adquiridos, como a quantidade de ações realizadas, envios bem sucedidos, e-mails abertos, cliques nos links e a conversão.

Esse panorama geral permite entender o andamento dos disparos e otimizar as estratégias de e-mail marketing futuras.

Elabore um quadro comparativo da base de contatos

É muito importante não ficar limitado a mostrar apenas os resultados relacionados aos últimos envios. Por isso, é preciso que exista um comparativo mensal da base de clientes da empresa. Dessa forma, é possível analisar o crescimento, o engajamento e os que cancelaram as suas assinaturas.

Esses dados são essenciais durante a avaliação dos resultados efetivos das campanhas, principalmente ao se basear em uma lista de contatos altamente engajada e interessada na marca.

Utilize métricas de e-mail marketing

Uma boa maneira de compreender os dados dos relatórios de e-mail marketing é analisar as métricas relacionadas aos disparos. Conheça algumas das principais que podem definir o sucesso das campanhas futuras das empresas.

Taxa de entrega

Essa métrica disponibiliza dados referentes ao número de pessoas da base que receberam o conteúdo. Ela demonstra um percentual de quantos e-mails foram efetivamente entregues aos seus destinatários.

Taxa de abertura

A taxa de abertura consiste em apresentar o percentual de quantos usuários receberam a mensagem e abriram o e-mail.

Taxa de crescimento de base

A métrica de crescimento de base é utilizada para analisar o quanto a sua lista cresceu nos últimos tempos. Para isso, é preciso focar em ações que atraiam leads a se inscreverem para que recebam o conteúdo da marca e, assim, aumentar os contatos de modo constante.

Taxa de cliques

Os valores da taxa de cliques apresentam a proporção do público que recebeu, abriu os e-mails e interagiu com os links apresentados no conteúdo. Uma maneira de potencializar essa ação é por meio do Call To Action, conhecido como CTA. Ele chama a atenção do público para alguma ação imediata, a fim de dar uma resposta à empresa.

Taxa de conversão

A conversão aponta o percentual de pessoas que abriram os links dos e-mails disparados. Dessa forma, é possível analisar as pessoas que realizaram a ação que a empresa desejou para a estratégia do conteúdo enviado, como se inscrever em algum curso ou baixar um e-book didático.

O relatório de e-mail marketing possibilita às empresas entenderem o histórico de campanha e reajustar as suas ações. Isso permite tomar decisões mais direcionadas para engajar e fidelizar o público-alvo da marca.

Gostou deste texto? Então, não se esqueça de compartilhá-lo nas redes sociais para que seus amigos possam conhecer mais sobre o assunto!

Post anterior

O que o Capem define sobre a prática de e-mail marketing?

Post seguinte

Servidor de e-mail marketing: 5 motivos para adotar agora

Nenhum comentário

Deixe um retorno

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *